sábado, 28 de maio de 2016

Site de relacionamento para eleitores de Donald Trump

Posted by O amor está na rede On 14:24

Olá, pessoal! Tudo bem?

Hoje vim contar uma novidade que está chacoalhando os Estados Unidos. Como vocês devem saber, Donald Trump é o candidato à Presidência dos EUA pelo partido Republicano, o único candidato, uma vez que o seu concorrente, vendo que não conseguiria vencê-lo, abandonou a corrida presidencial no início deste mês.

Mas vocês também devem saber que Trump é um candidato bem polêmico, que tem opiniões pra lá de duvidosas, como criar um muro para separar os EUA do México e fazer o México pagar por ele (haha), impedir todos os muçulmanos de viajar aos EUA, dizer frases que não fazem o menor sentido, como: "faz muito frio e neva em NYC - precisamos do aquecimento global" e lançar uma de suas mais brilhantes reflexões (#sqn): "se a Ivanka não fosse minha filha, talvez eu a estivesse namorando". Inacreditável!

Mas Trump tem muitos eleitores fervorosos e um de seus seguidores, David Goss, ouviu a história de uma moça que estava num encontro romântico no qual, ao declarar ser eleitora de Trump, o rapaz se levantou e foi embora, deixando a conta para ela pagar. Nesse momento, David teve a ideia de criar um site de relacionamentos para os fãs de Trump. Afinal, como a gente sempre diz aqui no Brasil, política, religião e futebol não devem ser discutidos por aí (senão pode acabar em briga...).

Foi assim que surgiu TrumpSingles.com:

Print da tela do TrumpSingles.com 

No entanto, apesar de terem mais de 27 mil seguidores no Twitter, no site só tinham 34 solteiros, quando a matéria foi publciada, em 26/05/16. Segundo Goss, as pessoas estão receosas de colocar o seu rosto em algo relacionado ao Trump (estranho, pois no Twitter não tiveram este problema).

De qualquer forma, fica aí o relato de mais uma esquisitice relacionada a Donald Trump!

Já pensou se resolverem fazer aqui no Brasil sites de relacionamentos para fãs dos nossos políticos?

Beijos de Erica Quieroz; O amor está na rede!!!

Fonte: MarketWatch