domingo, 21 de outubro de 2012

Golpes Amorosos na Internet - Minha entrevista à Folha Universal

Posted by O amor está na rede On 21:54

Olá, pessoal!

Já escrevi vários posts sobre golpes amorosos na internet. Leia aqui o post que contém mais detalhes: http://www.oamorestanarede.com.br/2012/03/golpes-em-sites-de-relacionamentos.html

Agora em Setembro, o pessoal da Folha Universal resolveu fazer uma matéria sobre o assunto e eu fui entrevistada. O nome da matéria é "O príncipe é um ladrão".

A maioria dos golpes, como eu havia informado, é aplicada por nigerianos que se fazem passar por americanos ou europeus, que sempre têm uma mentirinha triste para contar (viúvos, com filhos pequenos...). Se mostram apaixonados rapidamente e as mulheres, carentes, caem no golpe.

Para se ter uma ideia, no ano passado, nos EUA, mais de 5;600 americanos caíram em golpes e acabaram por perder, em média, cerca de R$ 18.000,00. Já na Austrália, este valor chega a R$ 40.000,00.

Veja um quadro esclarecedor sobre o perfil do scammer (golpista) e o perfil da vítima:

Fonte: Folha Universal

Se você quiser saber mais detalhes, leia o meu post, como indiquei acima (http://www.oamorestanarede.com.br/2012/03/golpes-em-sites-de-relacionamentos.html), e também a matéria da folha Universal: http://www.folhauniversal.com.br/capa/noticias/o-principe-e-um-ladrao-14658.html, onde você também encontra sites para denúncias.

Se você souber se proteger - vai ver que é fácil se livrar de golpistas com as dicas que damos - ainda acredito que a internet é o melhor lugar para conhecer alguém.

Veja aqui o detalhe da minha entrevista à Folha Universal:

Na opinião de Erica Queiroz, especialista em relacionamentos e autora do livro “O amor está na rede”, a internet ainda é o melhor lugar para se encontrar alguém quando a juventude já ficou para trás. Ter sido vítima de um golpe, segundo ela, não significa que a pessoa tenha de desistir de sua busca pela felicidade. “É só não acreditar que existe príncipe encantado.”

Erica observa que existem golpes em todos os lugares, não só na internet. “O problema é que a vítima, na maioria dos casos, está com baixa autoestima e se apaixona por uma ilusão.” Uma maneira de se proteger, diz, é não se relacionar com estrangeiros. “Se já é difícil checar informações aqui, imagine de fora.”

Boa sorte! Se você precisar de ajuda, ofereço consultoria. Clique aqui: http://www.oamorestanarede.com.br/p/consultoria-amorosa-com-erica-queiroz.html

Beijos,

Erica Queiroz; O amor está na rede!!!