quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Site para traição - minha opinião!

Posted by O amor está na rede On 00:19 6 comments

Queridos leitores,
Hoje em dia, há uma nova modalidade de sites de relacionamentos que está muito em voga: os sites de relacionamentos para pessoas casadas, ou seja, sites para as pessoas "pularem a cerca", para conseguirem amantes.
O Brasil já possuía alguns sites para traição e, recentemente, três sites internacionais iniciaram suas operações no país.
Muita gente fica boquiaberta quando ouve falar em um site para traição. As pessoas acham que eles são um atentado ao pudor, que induzem os indivíduos à traição etc.
Deixemos a hipocrisia de lado! A traição sempre existiu e sempre existirá! É inerente ao ser humano, não adianta lutar contra isso. E não é um site de relacionamentos que vai levar uma pessoa à traição ou não. As novelas e filmes estão aí divulgando a traição há anos. Alguém reclama disso? Se assusta com isso? E sai traindo compulsivamente só porque viu isso na novela? Definitivamente... não!
Pense bem... Se uma pessoa for contra a traição, ela pode ver todas as propagandas do mundo que induzam à traição, pode ser convidada a entrar em todos os sites de relacionamentos com essa finalidade, que ela não cairá nessa. Porque, simplesmente, isso não condiz com os seus princípios.
No entanto, as pessoas que entram num site para traição são aquelas que já têm propensão a trair: as que traem, já traíram ou gostariam de vir a trair.
Portanto, eu acho que este tipo de site pode introduzir no mundo online algo extremamente bom: separar quem está a fim de pular a cerca de quem quer um compromisso sério de verdade. Afinal, há inúmeras pessoas nos sites de relacionamentos comuns que se dizem solteiras e são casadíssimas. Deste modo, se estas pessoas resolverem sair dos sites comuns e entrar apenas nos destinados às pessoas casadas, muita gente solteira, a fim de um relacionamento sério, poderá ter mais tranquilidade ao procurar alguém que esteja na mesma situação.
E você, o que acha?

Beijos de Erica Queiroz; O amor está na rede!!!

6 comentários:

Erica, eu me ofereço a ser entrevistada! kkkkk
Aiiiii nós tínhamos que conversar, voce ia rolar de rir... ou de chorar de tanto rir...
Eu entrei num sitezinho aí famoso, aiiii que coisa mais horrorosa! Um amigo que me conhece desde meus 20 anos nem acreditou no que fiz, disse que não me reconhece mais! kkskk NEM EU!!!!
Tem um bando de "casados" que traem mesmo!
E eu... sou malvada! Ahhh eu sou! rsssss

BEIJOSSSSSSSSS

Menina...

Que malvada mesmo, hahaha! Mas e aí? Você está pensando seriamente em sair com alguém de lá ou está só "tirando onda" mesmo?

Ai, ai...

Beijos,

Erica

Acho que devemos pensar bem antes de magoarmos alguém , se a pessoa gosta de curtir vários relacionamentos fique só e seja feliz, não faça com os outros o que não quer para você. Priscilla

Oi, Priscilla.

Se a pessoa se colocar no lugar de seu parceiro antes de cometer a traição, muitas vezes deixará de trair.

Beijos,

Erica

Ausência de fidelidade, penso, é um ato de egoismo absolutamente desnecessário, pois uma vez estabelecido um compromisso firmado por amor, a traição é, por sua vez, um ato de negligência quantoa tudo isso.

Caso a pessoa goste de fazer sexo com outras que seja estabelecido então um relacionamento aberto, assim permanecerá fiel mesmo fazendo sexo com outras pessoas, mas a outra precisa estar ciente disso e, quem sabe, ambos possam dividir as experiÊncias e aprendizados adquiridos nesse processo. Claro que nem todos serão felizes em um relacionamento aberto, as individualidades e diversidades existem e devem ser respeitadas na medida do possível(isso é controverso, mas não quero entrar em detalhes), então é preciso bastante discussão e, claro, sensibilidade para que não ocorrar uma traição.
É lindo fazer um discurso moderno e esquecer que a mente humana, seja em qualquer século, é frágil.

Oi, Matheus. Obrigada por compartilhar sua opinião.

Realmente, relacionamento aberto é para pouquíssimas pessoas. No entanto, para algumas pessoas que não conseguem ser fiéis de jeito nenhum é a única solução. Só precisam achar companheiros que concordem com esta situação.

Abs,

Erica

Postar um comentário