segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Ninguém me ama, ninguém me quer!

Posted by O amor está na rede On 16:24 4 comments

Muita gente me procura dizendo que não sabe o que acontece, por que ninguém se interessa por ela/ele, por que nada dá certo etc.

Sabe, às vezes, precisamos sair da zona de conforto e, como dizem por aí, "dar a cara pra bater" (no sentido figurado, claro!). É muito cômodo ficar se lamentando, se fazendo de vítima e sendo, no final, realmente vítima da situação.

O que as pessoas não percebem é que são elas mesmas que têm que mudar isso, que têm que ir à luta, que têm que definir seus objetivos e ir atrás deles.

Pode olhar ao seu redor e ver que as pessoas que estão sozinhas, na grande maioria, estão assim porque querem. Porque não querem abrir mão da liberdade que têm (e não sabem que dá pra ser livre num relacionamento - aliás, quanto mais livres as pessoas são, mais "presas" elas ficam, porque é por livre e espontânea vontade!), ou não querem abrir mão do apartamento em que vivem sós, ou compartilhar a cama enorme que possuem, ou pensar na possibilidade de talvez terem que dividir seu salário com alguém. Puro egoísmo? Talvez! Talvez apenas medo do novo...

Parece mentira, mas é a mais pura verdade: as pessoas, por mais que não gostem do momento atual, têm muito mais medo do que está por vir, do novo, e assim, numa sequência de boicotes, afastam as coisas boas que a vida pode trazer.

Então, antes de sair por aí gritando "ninguém me ama, ninguém me quer", pense se você está preparado(a) de verdade para estar com alguém, para deixar o "novo" entrar na sua vida. Se você quer ficar só, assuma a posição. Mas não fique se lamentando por aí, pois isso só vai afastar (ou, no mínimo, irritar) seus amigos e familiares... Autoestima elevada é tudo!!!

Dica de O amor está na rede!!!

4 comentários:

Hoje eu tava pensando isso!
E to querendo mudar esse pensamento negativo...
Eu to num processo de aprendizado!
Obrigada pelo toque

Olá minha querida coach!
Amiga, infelizmente muitas pessoas reclamam por estarem sós, mas não conseguem abrir mão de sua individualidade...Na verdade querem ter tudo sem precisarem abrir mão de nada! Não percebem que dá para conciliar relacionamento e a liberdade individual. Que estar a dois não significa necessariamente excluir-se como pessoa. Eu mesma, sou casada há 13 anos e em nenhum momento abro mão dos meus gostos pessoais. Claro que dentro de um bom senso daquilo que não caracteriza egoísmo individualista. Então, o que vejo é que muito mais do que procurar desculpas naquilo que os outros não querem, é descobrir as verdades daquilo que não se quer abrir mão. Depois de apurado tudo isso é só fazer um balanço, equilibrar e sair para a luta. Uma outra pessoa pode somar valores. Essa é a grande conquista.
Grande beijo e parabéns, mais uma vez, pelo belo texto!
Jackie

Este comentário foi removido pelo autor.

E quê passa se ninguém me quer na verdade e eu, sim quero estar com alguém...? Mas, não posso, por muitas coisas, por mais que quero - não é possível para mim... :-( Então, quando preciso dum abraço - não há ninguém. Estou tão sozinha... ;*

Postar um comentário