segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Luana e Emerson dançando sem música na praça da Luz!

Posted by O amor está na rede On 15:54 3 comments

Luana e Emerson se conheceram num site de relacionamentos segmentado, voltado à religião deles. Leia a história com as palavras da própria Luana:

"Bom venho aqui contar um pequena história para o blog O amor está na rede.
Eu sou evangélica e tenho 22 anos, sempre tive relacionamentos que não deram muito certo, com pessoas que conheci em cursos, no ônibus, metrô e festinha dos amigos, entre outros. Estava há um tempo solteira e não tinha ninguém à vista. Como já falei, sou evangélica e um dia estava em um site de letras de música procurando uma música legal para cantar na igreja. Foi quando olhei embaixo da página e tinha um anúncio de um site de relacionamentos evangélico. Cliquei no link, fui ver como era e me cadastrei - mas não com o intuito de encontrar um príncipe encantado, tanto que meu interesse no site era a busca de amizades.
Num domingo, de madrugada, terminei meu cadastro e comecei a conversar com algumas pessoas e em especial um rapaz chamado Emerson. No dia em que conversamos era o aniversário dele e resolvi passar meu MSN e deixamos pra conversar outro dia com mais calma - estava tarde ele ia acordar cedo pra trabalhar e tudo mas. Dois dias se passaram e quem estava online no meu MSN? O rapaz que eu conheci via chat pelo próprio site de relacionamentos. Conversamos um pouco mais, nos conhecemos mais e trocamos telefones - ele pediu que eu ligasse pra ele no dia seguinte e eu concordei em ligar. No dia seguinte, retornei a ligação e pra minha sorte ele estava em horário de almoço. Conversamos um pouco e só de ouvir a voz dele já gostei e senti que íamos nos dar bem. Na próxima vez que estávamos online, marcamos um encontro, que era para ser um domingo - mas ele se atrasou e eu não sou de esperar muito; um outro rapaz que também conheci pelo site me ligou naquela hora e marcou um encontro comigo em um outro lugar e eu fui! No meio do caminho retornei para o Emerson e disse pra ele deixar o encontro pra outro dia pois ia ficar muito tarde e coisa e tal - "mera desculpa". Fui conheçer o outro rapaz, mas não deu certo: eu não gostei dele e pulei fora - ficamos amigos. À noite, eu e o Emerson online no MSN marcamos um novo encontro no próximo fim de semana, só que ai lembrei que teria um chá de cozinha de uma amiga e que eu não poderia faltar. Liguei pra ele e desmarquei novamente o encontro. Deixamos quieto. Em menos de três dias, marcamos um novo encontro: o dia do encontro seria um feriado, estava tudo a nosso favor, seria um dia de um grande evento em São Paulo e a cidade parava pra isso; basicamente vários lugares iam estar menos movimentados, sem trânsito, o sol ia brilhar seria um ótimo encontro e foi. Marcamos na estação da Luz perto dos banheiros e a nossa senha seria ele já chegar beijando! O dia do encontro chegou e como ele mora longe demorou a chegar (eu fiquei plantada esperando), mas ele chegou. Eu o vi de longe, NOSSA!, parecia uma adolescente em seu primeiro beijo nervosa e como o combinado ele já chegou beijando e fomos dar uma volta pelo centro da cidade, parecia que já éramos namorados e que nos conhecíamos há muito tempo, nos demos muito bem, gostamos um do outro, passamos o dia inteiro juntos (e parecia que apenas alguns segundos se passaram) e ele não cansava de dizer que ele era o homem da minha vida, dançamos no meio da praça da Luz (sem música alguma tocando), eu e ele dançando e todo mundo olhando e tirando fotos, foi incrível. Fomos embora com o coração partido, mas com a certeza de que fomos feitos um para o outro, e os meses foram se passando e nosso relacionamento cada vez mais impossível em cada encontro na hora da partida era a mesma tristeza, uma dor no peito, as conversas pelo telefone sem comparação, horas e horas, penso nele em cada momento, gosto muito dele e é bom saber que isso é recíproco, e o que me deixa mas feliz é saber que ele tem planos futuros ao meu lado (minha mãe não o aceita muito; a familia dele me aceita numa boa). Brigamos como todo casal, mas o melhor é a volta! Espero que fiquemos juntos pelo resto da vida, pois somos uma só pessoa em um só sentimento."


* Gostaria, mais uma vez, de pedir desculpas à Luana, que me mandou esta história em Julho, mas só vi seu e-mail na semana passada! Beijos, Luana! Felicidades ao casal...

O amor está na rede!

3 comentários:

Desejo muita sorte ao casal,se for recíproco realmente vai dar certo.
Bjs...

Que legal saber que existem pessoas que também deram certo após conhecerem seu amor na internet,eu conheci meu marido na internet e hoje ja temos 1 ano e 8 meses de casados e somos muito felizes.

Esse amor não resistiu, não era pra ser :(
Conheçi uma outra pessoa pela internet, me casei e temos 1 filhinha, estamos há 3 anos juntos.
O emerson também conheçeu uma moça pela internet e se casaram no inicio desse ano :)

Postar um comentário