domingo, 26 de dezembro de 2010

Feliz 2011!!!

Posted by O amor está na rede On 14:19

Queridos,

O tempo passou, nós corremos muito e continuamos correndo. Mas não podia deixar de desejar a vocês um ano novo sensacional, cheio de paz, amor, saúde, alegrias e realizações!!!

Aproveito para deixar uma linda mensagem que recebi de um amigo e acho que vale muito a pena refletir sobre o que ela nos ensina!

Lei do caminhão de lixo

Um dia peguei um táxi para o aeroporto. Estávamos rodando na faixa certa, quando, de repente, um carro preto saiu do estacionamento na nossa frente.

O taxista pisou no freio bruscamente, deslizou e escapou de bater em outro carro, mas foi por um triz!

O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós, nervosamente.

Mas, o taxista apenas sorriu e acenou para o cara, fazendo um sinal de positivo. E ele o fez de maneira bastante amigável. Indignado, perguntei-lhe:

- Por que você fez isto? Este cara quase arruína o seu carro!

O motorista do táxi me ensinou o que eu agora chamo de "Lei do Caminhão de Lixo”.

Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo.

Andam por ai carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, traumas e desapontamento.

À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar e, às vezes, descarregam sobre a gente.

Nunca tome isso como pessoal. Isso não é problema seu! É dele! Apenas sorria, acene, deseje-lhes sempre o bem, e vá em frente.

Não pegue o lixo de tais pessoas e nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas ruas.

Fique tranquilo... respire e DEIXE O LIXEIRO PASSAR. O princípio disso é: pessoas felizes não deixam os caminhões de lixo estragar o seu dia.

A vida é muito curta, não leve lixo com você! Limpe os sentimentos ruins, ódio e frustrações. Ame as pessoas que te tratam bem. E trate bem as que não o fazem.

A vida é 10% do que você faz dela, e 90% de como você a recebe!


Feliz 2011!!!

Beijos de Erica Queiroz; O amor está na rede!!!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Mensagem de Natal

Posted by O amor está na rede On 14:36

Olá, amigos!

O Natal está chegando e este ano quase só tive razões para comemorar!

Criei coragem para realizar grandes sonhos, como terminar de escrever e conseguir publicar o Livro "O amor está na rede", por exemplo. Criei coragem para soltar algumas amarras que jamais me deixariam decolar. Enfim, criei coragem para mudar e ir atrás dos meus sonhos, por mais simples e tolos que pudessem parecer. E não podia estar mais realizada!!!

Adoro o meu trabalho, adoro estar em contato com todas as pessoas que estou conhecendo e a quem dou assessoria - tenho recebido muitos elogios, muita gente tem dito que sua vida mudou depois das conversas que tivemos e isso só me faz feliz! É muito bom quando nosso trabalho é reconhecido, principalmente quando ele é feito com o coração!

Assim, só posso dizer que estou fechando 2010 com chave de ouro e tenho certeza de que este ano foi apenas um trampolim para o que ainda está por vir.

Então, quero deixar aqui uma mensagem, para que você também tenha coragem de mudar e ir atrás dos sonhos: neste momento de reflexão, que engloba o Natal e o Ano Novo, pense em tudo que te incomoda e em tudo o que você pretende mudar em sua vida. Mas não se esqueça desses planos quando Janeiro chegar. Fique com eles em mente; escreva-os num papel que você possa ler todos os dias (ou, pelo menos, uma vez por semana). Vá atrás dos seus sonhos. Realize-os! Realize-se! Isso, sim, não tem preço...
E não se esqueça de dizer "te amo" a quem você ama de verdade!

Feliz Natal e um excelente 2011 a todos vocês!!!

Beijos de Erica Queiroz; O amor está na rede!!!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Minha entrevista ao Vila Mulher, do Terra - COMPLETÍSSIMA!!!

Posted by O amor está na rede On 11:18

Olá!

Há dois dias saiu uma entrevista minha, no Vila Mulher do Terra, cuja leitura vale muito a pena, pois é bem completa!!! O texto é bem fácil e rápido de ler!

Aproveite!

O amor está na rede

Ter, 14/12/2010 - 13h54


Desde que a internet invadiu a vida das pessoas comuns como nós, o jeito de fazer as coisas passou a contar com esse estranho mundo virtual. Pagar conta, falar com amigos, estudar, trabalhar e, claro, namorar, são verbos super reais no universo digital.

Com o amor cada vez mais virtualizado, conhecer pessoas e manter a relação depende, e muito, do que rola no mundo dos bits e bites.


A publicitária Erica Queiroz mergulhou de cabeça nesse mundo dos amores virtuais e, feliz da vida, encontrou o seu. Entrou na onda de sites de relacionamento quase sem querer, mas foi quando decidiu encontrar um amor que passou a buscá-lo com intensidade. E funcionou. Para dividir a experiência e provar que há grande disponibilidade de homens e mulheres solteiros, de todas as idades, desejando ser encontrados também, ela escreveu "O amor está na rede" (MBooks, 2010). "Acho que estamos passando por uma mudança que veio para ficar", garante a autora.

A ideia de escrever o livro surgiu da vontade de eliminar o medo e o preconceito que muita gente ainda tem de conhecer alguém via Internet. Segundo Erica, se as pessoas souberem se proteger, encontrar alguém no mundo virtual pode ser tão seguro quando aquela conversa ingênua de bar. "As possibilidades na rede são infinitamente maiores. E, talvez para surpresa de muitos, acho os riscos bem menores, porque você tem muito tempo para pesquisar sobre a pessoa, ver se ela se contradiz, se está disponível em horários-chave (à noite e finais de semana, por exemplo), até partir para o encontro cara a cara".

O livro ajuda a desvendar os mistérios dos sites de relacionamento e até a criar um perfil que atraia bons partidos potenciais. Além disso, dá dicas de como se prevenir de golpistas e até casados. E, melhor ainda, indica os passos do primeiro encontro e como o internauta - agora já no mundo real - deve agir. Segundo ela, é preciso lembrar que não há um tempo certo para o primeiro encontro, que só deve rolar quando a pessoa estiver extremamente seguro de que o momento chegou. Fora isso, valem as dicas básicas de etiqueta, vestir-se adequadamente, não mascar chicletes, não se embebedar... "Mas a dica mais importante é marcá-lo sempre num lugar público e não aceitar carona, nem na ida, nem na volta. A partir daí, as chances de dar certo aumentam, mas vale lembrar que, apesar de todas as afinidades, pode não haver química no encontro presencial", adianta.

Erica, que tem sete anos de experiência em sites de relacionamentos e hoje atua como coach em assuntos do coração, conversou com o Vila Dois e falou mais sobre esse guia sobre relacionamentos online. Segundo ela, o grande amor pode estar à distância de um clique!

Você acha que, hoje, conhecer alguém legal pela internet é mais fácil do que no mundo real? Os riscos e possibilidades são os mesmos?
Eu tenho certeza de que conhecer alguém pela net é muito mais fácil do que no mundo "não-virtual" (prefiro chamá-lo assim, pois o mundo virtual é real também!). Pense bem: com alguns cliques, você pode conhecer pessoas compatíveis com você no mundo todo. Num site de relacionamentos, você faz uma pré-seleção dos candidatos de acordo com critérios escolhidos por você mesmo. E vários perfis são encontrados, até mesmo centenas deles, se você procurar numa cidade grande como São Paulo e num site de relacionamentos com vários usuários cadastrados. Se você vai a um bar, por exemplo, pode encontrar pessoas que talvez tenham classe social similar à sua, mas não sabe os gostos, os estudos, os objetivos... Você escolhe apenas pela aparência. E, depois da primeira "olhada panorâmica", quantas pessoas sobrarão? Duas ou três? Mas após conversar com elas, talvez nenhuma lhe agrade...

Na sua experiência, percebe que há muita gente disponível na rede - e com o objetivo comum de encontrar um amor de verdade?
Sem dúvidas. Há gente buscando só sexo, amizade, encontros casuais... Mas há muita gente buscando amor. Essa é outra vantagem que vejo na rede: você já sabe, inicialmente, qual o objetivo da pessoa, pois ele está descrito em seu perfil. E, novamente, se você está num bar, não sabe se a pessoa com quem está flertando
só quer sexo, ou algo mais sério...

Como saber que a pessoa do outro lado está sendo sincera? Alguns sinais podem ajudar o internauta a evitar ‘más companhias’?
Mentiras sempre existiram e a internet pode facilitar a sua detecção. Se uma pessoa nunca está disponível nos finais de semana e quase nunca atende o celular, é muito provável que seja comprometida ou mesmo casada. Essa é uma dica essencial. Outra dica infalível: você pode gravar as conversas no seu computador e depois de um tempo repetir, mesmo que de outro modo, as mesmas perguntas, para ver se as respostas são as mesmas. E, se houver mentiras, provavelmente aí você já pegará algumas. Pessoas que já se dizem apaixonadas logo de início são prováveis candidatos a golpistas!

(CONTINUA) Leia aqui na íntegra: http://bit.ly/h983eG

Beijos de Erica Queiroz, O Amor está na rede!!!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

VAZOU! Julian Assange num site de relacionamentos?!?!?!

Posted by O amor está na rede On 00:05

Será que o homem que fez vazar segredos de governos também terá sua privacidade "vazada" na rede?

Foi descoberto, no site OkCupid, um perfil que parece ser de Julian Assange. Cadastrado sob o apelido de "HarryHarrison", o perfil descreve o que Assange busca numa mulher e inclui algumas fotos que realmente parecem ser do Fundador da WikiLeaks.

Se é verdadeiro ou não, ninguém sabe com certeza e as especulações não param. No entanto, o perfil foi modificado pela última vez em 2006, muito antes de Julian Assange se tornar mundialmente conhecido - não fosse o caso (se o perfil fosse superatual), muita gente já poderia ter criado uma conta falsa para fazer graça com Julian. Mas, dados os fatos, é bem possível que seja mesmo de Assange.

Olha só que "meigo" (rs) o que ele diz no site: "Embora seja extremamente agressivo física e intelectualmente, sou muito protetor das mulheres e das crianças". E ainda diz: "ADVERTÊNCIA: Quer um indivíduo comum, realista? Melhor se mexer. Eu não sou o "droid" que você procura. Salve-nos enquanto ainda pode!". (minha tradução)

Vejam aqui o perfil do moçoilo: http://bit.ly/hBr2Nq

Gostou?

Fonte: várias fontes

Um beijo de Erica Queiroz, O amor está na rede!!!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Sorteio do livro "O AMOR ESTÁ NA REDE"!!!

Posted by O amor está na rede On 14:05

A querida Jane Murback, autora do premiadíssimo blog Mulheres (Im) Possíveis, está sorteando um livro "O amor está na rede".

Para concorrer, e só entrar no blog dela e deixar seu nome nos comentários; fácil, fácil!!!

O que você está esperando? Inscreva-se e avise a todos os seus amigos solteiros!!!

Segue o link: http://migre.me/2UuFD

Beijos de Erica Queiroz, O amor está na rede!!!

sábado, 11 de dezembro de 2010

O amor está na rede na FOLHA DE SÃO PAULO (Folha.com)!!!

Posted by O amor está na rede On 12:13

10/12/2010 - 16h13

"O Amor Está na Rede" atua como guia de relacionamentos on-line

da Livraria da Folha

Divulgação
Número de uniões originadas on-line aumenta a cada ano no mundo  todo
Número de uniões originadas on-line aumenta a cada ano no mundo todo

O que há alguns anos era considerado raro e até "esquisito", os namoros que começam no mundo virtual e depois se "transportam" para o mundo "real", hoje são mais do que comuns e fazem parte da vida de milhões de internautas. Estanho é não conhecer alguém que tenha tido um relacionamento que começou pelos bate-papos on-line.

A administradora de empresas, Erica Queiroz, é uma dessas pessoas que encontrou nas redes o seu verdadeiro príncipe encantado. E por conta da bem sucedida empreitada, decidiu escrever o livro "O Amor Está na Rede", para ajudar a eliminar o medo e o preconceito contra conhecer alguém pela internet. Afinal, como ela mesma conta, além de sua própria história, outras muitas (que ela cita no texto) também deram certo.

Mas, mesmo para ela, (atualmente, também atua como coach em relacionamentos), o caminho foi longo e tortuoso. Foram muitos anos se cadastrando e conhecendo todas as ferramentas disponíveis em sites nacionais e internacionais, para, finalmente, tirar a sorte grande.

A autora afirma que saber montar um perfil vencedor é essencial para chamar a atenção dos outros usuários, e nem tudo se resume a uma foto bonitinha. Saber quais informações pessoais devem ser reveladas no primeiro momento, de que modo fazer isso e escolher as palavras certas paras as abordagens são fundamentais para alcançar a simpatia dos usuários e, quem sabe, algo mais.

Naturalmente, a rede está cheia de gente perversa, que só quer brincar com o sentimento dos outros, ou mesmo pode estar de olho em aplicar algum golpe financeiro. Lógico que todo cuidado é pouco, e as dicas da especialista alertam, inclusive, para pessoas viciadas em namoros on-line e até mesmo casadas.

Leia trecho (segue link: Folha.com).

Dica de Erica Queiroz, O amor está na rede!!!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Quem quer ser, oops, TER um milionário???

Posted by O amor está na rede On 11:34

Dizem que na vida temos somente duas chances de enriquecer (REGISTRO: eu não concordo nem um pouco com isso, rs): ou nascendo rico, ou se casando com alguém rico!

Então, para aqueles que ainda esperam a riqueza através do relacionamento com um milionário, sua hora chegou!

Já existem vários sites de relacionamentos apenas para milionários ou para encontrar milionários! Alguns deles exigem comprovantes financeiros (pelo menos aos homens) para que você possa se cadastrar. Alguns deixam mulheres bonitas cadastrarem-se, mesmo que não sejam nem mesmo ricas. É um "salve-se quem puder" (talvez "case-se quem puder" cairia melhor!).

Vejam as opções que são oferecidas num deles para a resposta à pergunta "qual a sua renda anual?": mais de 150 mil dólares, mais de 200 mil, mais de 500 mil, mais de um milhão, mais de 5 milhões, mais de 10 milhões, mais de 50 milhões, mais de 100 milhões... Chega, né?

Bom, fica a dica para quem quiser se aventurar! Alguns sites bem conhecidos no exterior: WealthyChats.com, Millionairecupid.com e DateRichSingles.com.

Beijos de Erica Queiroz, O amor está na rede!!!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

O caso da mulher britânica que deu cerca de 57K libras a um golpista!!!

Posted by O amor está na rede On 10:36

Quando dei a entrevista à Rádio Inconfidência na semana passada, este caso foi mencionado e resolvi escrever sobre ele (geralmente escrevo sobre casos brasileiros, mas acho muito válido mencionar este aqui).

A mulher em questão, Brenda Parke, não é uma provável vítima de golpe (é o que diz a BBC, mas, na minha opinião, ela é a perfeita vítima para um golpe deste tipo!): uma mulher de 60 anos, divorciada, atraente e autoconfiante, que teve uma carreira bem sucedida na área de turismo. Vive com seu cachorro numa casa confortável e, no ano passado, resolveu que era hora de partilhar sua vida com alguém e se inscreveu num site de relacionamentos.

Logo recebeu um email de "Bradford Cole", que dizia ser um executivo holandês trabalhando no Reino Unido. Brenda conta: "Seu perfil era muito interessante; eu gostei da sua voz e da sua aparência. E sua frase de chamada era 'honestidade é a melhor política'" (olha o cinismo...). Ele disse que tinha 46 anos e uma filha de 14 - sua mulher havia morrido há alguns anos.

Brenda e Bradford começaram a trocar emails regularmente e depois partiram para o chat e conversas telefônicas. Ele disse que buscava alguém para sua vida e Brenda mencionou a grande diferença de idade entre eles, mas ele falou que ela ainda era uma mulher bonita o que, para ela, foi um enorme elogio.

Ela admite que tudo o que sabia de Bradford eram alguns dados básicos de e sua foto no perfil, mas 3 meses depois os dois estavam se telefonando até 3 vezes por dia e desenvolvendo um enorme laço.

Num determinado momento, ele disse que precisava ir à República de Benim, na África, a negócios (dizia que trabalhava com computadores). Depois de uns dias, ele mencionou haver alguns problemas com um embarque, havia um atraso no transporte e havia impostos a serem pagos, mas não pediu dinheiro a Brenda. No entanto, logo depois ele disse que ele e sua filha haviam sofrido um acidente e que havia necessidade de pagar o hospital.

Sentindo-se responsável pela filha de Bradford, Brenda pagou 9.600 libras pelo hospital. E ele pediu mais 22.000 libras para pagar as taxas de importação do seu negócio. No final, envolvendo outros custos e taxas, Bradford conseguiu arrancar dela quase 57.000 libras (mais de 150 mil reais!!!!).

Por que ela fez isso? Porque, segundo ela, ele a fez acreditar que ela era a única pessoa no mundo que poderia ajudar... E hoje ela quer espalhar sua história para que outras pessoas não caiam nela.

Meus comentários:

- primeiramente, quero enfatizar aqui que estamos falando de um golpista dos bons, que perdeu muuuuito tempo com a vítima (geralmente, os golpistas fogem rápido quando percebem que não terão sucesso), mas somente porque percebeu que ela estava caindo no golpe e que, se insistisse um pouco mais, conseguiria arrancar dinheiro dela. E muito!

- alguém me explica como em 3 meses os dois se falavam várias vezes por dia, mas nunca se viram, sendo que ele trabalhava no Reino Unido?

- alguém me explica como alguém pede dinheiro para despesas de hospital e a pessoa não liga ao hospital e não pede comprovantes para checar se aquilo é verdade? Ainda assim, poderia ser tudo armação, mas seria difícil você achar o telefone de um hospital na net, ligar lá e aquele alguém específico que atender ter sido pago para contar mentiras... Se ela tivesse feito isso, o golpe nunca teria existido!!!

- se ela tivesse caído apenas no golpe do hospital (bem, cada um gasta seu dinheiro como quer e, obviamente, pensar no cara por quem você está apaixonada, junto à sua filha de 14 anos, no hospital poderia levar muita gente a fazer besteiras), até dava para entender um pouco. Agora gastar mais de 5 vezes mais do que na suposta conta do hospital para pagar despesas do negócio do cara... fala sério? Quem faria isso?

Honestamente, esse é o tipo de golpe em que só pessoas muito carentes e desprevenidas caem. E é nelas que os golpistas focam. Portanto, se você conhecer, principalmente, mulheres mais velhas, divorciadas e com dinheiro, que buscam parceiros para relacionamentos, na net ou não, avise-as para tomar cuidado.

Reflita: como alguém que você nunca viu arrancaria mais de R$ 150.000,00 de você? O problema está no golpista ou na vítima? Pense nisso!

Fonte: BBC UK


Dica de Erica Queiroz, O amor está na rede!!!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Minha ENTREVISTA à Rádio Inconfidência!

Posted by O amor está na rede On 19:01

Ontem dei uma entrevista muito legal à Rádio Inconfidência, de BH.

Ouça-a no vídeo abaixo (coloquei-a no youtube).

Espero que me diga sua opinião. Aposto que, depois de ouvi-la, você vai perder o medo de buscar o AMOR na rede!



Um beijo enorme de Erica Queiroz, O amor está na rede!!!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O Natal está chegando... Que tal ajudar seus amigos/as solteiros?

Posted by O amor está na rede On 10:51

Dezembro já chegou e não posso dizer "finalmente" porque, como sempre, parece que este ano passou muito mais rápido que o ano anterior. Por que será que todo ano temos esta noção de que tudo passa mais rápido? Todo ano é assim!

Sonhos conquistados, projetos realizados e muitos deixados de lado. E lá vamos nós fazer aquela listinha de final de ano com tudo que temos que melhorar, tudo que queremos desenvolver, as viagens que queremos fazer, os quilos que queremos perder... E, no final, a maioria das pessoas se esquece da lista em Janeiro mesmo. Todo ano é assim!

Todos lançam mão de inúmeros artefatos no Ano Novo: pulam ondinhas, fazem listinhas, enviam oferendas a Iemanjá, acendem velas, incensos, compram roupas novas, lingerie especial... Todo ano é assim!

Muita gente pede um amor pra toda vida! Todo ano é assim!

Então que tal fazer algo diferente este ano, no Natal? Se você está solteiro/a ou tem amigos/as nesta situação, que tal adquirir para si ou oferecer a eles um presente que vai ajudar a mudar suas vidas de verdade em 2011? No livro O AMOR ESTÁ NA REDE dou várias dicas de como encontrar o amor na rede de forma segura! E também tento, de uma vez por todas, acabar com o preconceito de que na net só tem gente "maluca".

Quem sabe, no próximo ano, estas pessoas não estarão apenas pedindo que seu amor fique para sempre com elas?

Dica de O amor está na rede, por Erica Queiroz

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

O amor que uniu Brasil e Portugal (a história de Alice e Antônio)

Posted by O amor está na rede On 01:15

Semana passada fui fazer as unhas e comentei com a minha manicure sobre o lançamento do meu livro O AMOR ESTÁ NA REDE. E então ela me disse: "a Alice conheceu o marido dela assim também!". E chamou-a para me contar a história.

Fiquei tão envolvida com essa linda história que acabei nem perguntando se ela era manicure, cabeleireira, massagista... :)

Ela estava separada havia 10 anos e nem sabia mexer num computador. Foi incentivada por uma amiga que buscava na net apenas encontros casuais e cada hora aparecia com um "caso" novo.

Depois de algum tempo no site de relacionamentos, em que conheceu algumas pessoas interessantes, Alice, 45 anos, conheceu Antônio, 51, um português muito simpático, Diretor Financeiro de uma multinacional alemã em Portugal, que tinha chances de ser transferido para o Brasil. Foram 7 meses de conversa e paixão, mas ela nunca podia imaginar que ele viria mesmo!

Até que um dia Antônio ligou e disse que chegaria ao Brasil no dia seguinte! Foi paixão à primeira vista...

Os dois estão juntos há dois anos e meio, sendo que moram juntos há seis meses. Como os filhos de Alice já são adultos, ela os deixou em sua casa, por incentivo dos mesmos, e foi morar com Antônio.

Ela contou que Antônio quer conhecer o Brasil com ela e depois levá-la para conhecer o mundo. Assim sendo, todo Reveillon vão para uma praia diferente do Brasil, geralmente no Nordeste.

E quem não acredita que o amor está na rede???

Beijos da Erica Queiroz

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Recado de uma vítima de golpe em sites de relacionamentos

Posted by O amor está na rede On 19:11

Vejam a mensagem que recebi de uma moça, cuja identidade preferi manter em sigilo. Ela foi vítima de um golpe de alguém que conheceu num site de relacionamentos, e ela mesma quis fazer um alerta público para que outras pessoas não caiam em golpes similares.

No final, meus comentários.

"Bom eu participo há algum tempo de sites de relacionamentos e conheci uma pessoa com a qual estive em contato através da net e do telefone por mais ou menos um ano, antes de conhecê-la pessoalmente. Já o conhecia por foto e por cam, mas ao vivo, NOSSA, que homem lindo; já comecei a desconfiar ali mesmo, porque um homem daqueles estar na internet... não que eu não seja bonita, mas mulher é diferente. Dali a mais seis meses, entre conversas e telefonemas, nos falávamos todos os dias, fui me encantando e me envolvendo, e nada de um novo encontro sempre dava uma desculpa, mas tudo bem ele estava enrolado com a ex, com o filho, eu entendia perfeitamente, até o dia que me ligou desesperado, dizendo que tinha perdido todos os documentos e que não sabia o que fazer porque precisava ir a Santos pra tirar segunda via e tal, mas não tinha como ir porque a sua carta de moto tb havia se perdido, prontamente me ofereci pra leva-lo até o poupa tempo de Santos onde chegamos e, na hora de tirar os documentos, ele quis licenciar e renovar a documentação. Mas disse que não tinha dinheiro no momento e tal; ele me envolveu de tal maneira que acabei por oferecer o dinheiro. Detalhe: estive na casa da mãe dele e acabei me sentindo segura - imagina... se ele não quisesse nada sério, não me levaria na casa da mãe... Em seguida voltamos pra SP o convidei pra conhecer minha casa, prontamente aceitou, dali conversamos e assumimos um compromisso sério, fiz um almoço e o apresentei pra minha família, dali tivemos nossa primeira relação. Foi embora no dia seguinte, depois nunca mais consegui vê-lo, somente falar por telefone, usando todas as desculpas possíveis e impossíveis, até o dia que eu mesma resolvi terminar. Mas estava apaixonada e envolvida e, quando me ligava, acreditava em todo drama que me contava. Bom, resumindo, continuamos a conversar por telefone como amigos até o dia que ele quis voltar - prometeu um monte, disse "dessa vez é pra valer" e lá fui eu me encontrar com ele, que perguntou se podia levar o filho. Da minha parte tudo bem, até achei legal, mais uma vez senti segurança. Paguei o passeio todo porque ele se encontrava numa situação financeira muito difícil, três dias depois esse homem some sem dar notícias, não atende minhas ligações... e nem retorna. Estou arrasada, mas decidi deixar pra lá e entendi que havia sido vitima de um golpe... O único problema é que eu posso estar grávida. Ainda não sei, não me julguem. Estou aqui contando esta história pra deixar de alerta para que outras pessoas não passem por isso. Bjs a todos."

Bom, fico triste em saber do golpe, mas vamos lá (para ninguém mais cair neste tipo de golpe e nem a própria vítima acima):

- ninguém leva um ano para conhecer alguém pessoalmente (exceto se morar em outro país, mas quem quer namorar virtualmente???). Se alguém te enrolar por mais de um ou dois meses (a não ser que se trate de um indivíduo que viaje muito a trabalho, por exemplo - mas, mesmo assim, mais de dois meses nem pensar!!!), parta pra outra! Se a pessoa não te convidou para sair em cerca de um mês, é muito provável que seja um golpista, ou alguém casado/a (ou ambos), ou, no mínimo, alguém muito problemático.

- NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓTESE NENHUMA (em maiúsculas para dramatizar mesmo!) dê ou empreste dinheiro para alguém que você mal conhece. Dinheiro é algo que só instituições financeiras deveriam emprestar. Em certos casos, dinheiro não se empresta nem para a própria família! Se quiserem teu dinheiro, diga que também está precisando... Aí você verá se a pessoa tem mesmo interesse em você ou no que você possui!

- Não é só porque você conheceu a família da pessoa que pode sentir segurança. Pense bem... Você nem sabe se aquela pessoa (a mãe, no caso) que o outro está te apresentando é mesmo da família... Pode ser alguém que aplique o golpe em conjunto! Sim, isso existe e é mais comum do que imaginamos...

- O outro não deve JAMAIS ser colocado na sua casa logo de início. Não é só porque conversou por um ano que você sabe quem a pessoa é, a ponto de colocá-la em casa e apresentar sua família a ela... Reflita: não é só a si mesmo que está pondo em risco, mas à sua família também...

- Lembre-se sempre daquela história: podemos errar uma vez, mas insistir no erro... NUNCA! Então depois que o golpe havia sido dado, o cara sumiu de novo e voltou com outro golpe, em que a vítima pagou um passeio a ele e ao filho. Por mais que você se sinta atraído/a por uma pessoa, se ela quer algo de você, que não seja você mesmo/a (e ainda assim há gente que pode nos querer doentiamente, o que também deve ser evitado), dispense-a. Pode apostar que você só ganhará com isso, por mais que pareça sofrer no momento. Evite, com todas as suas forças, cair no golpe a primeira vez. E jamais caia na segunda!

- Finalmente, quanto à gravidez... O que posso dizer? Ninguém deve se deixar levar pela emoção do momento. Que tal andar com camisinhas na carteira? OK, às vezes parece difícil resistir. Mas que tal se amar um pouquinho? E pensar no seu corpo, que é uma das coisas mais preciosas que você tem? Além de uma gravidez superindesejada, por que não pensar nas doenças sexualmente transmissíveis? Ainda mais em relações com um total desconhecido...

Queridos leitores, se todos tiverem consciência dos seus atos, os golpistas não serão bem-sucedidos. Espero que ninguém mais caia em golpes como este (no meu livro O AMOR ESTÁ NA REDE dou várias dicas sobre o assunto!) e acredito, profundamente, que a vítima do texto acima tenha aprendido com seus erros. Não estou julgando ninguém, apenas fazendo um alerta!

PS: a vítima comentou que achou estranho o fato de o cara ser bonito e estar na net procurando alguém. E que há diferenças entre homens e mulheres. Preconceito puro... Não pense que na net só há pessoas feias e problemáticas. Conheço e já conheci várias pessoas extremamente bem-resolvidas, inteligentes e bonitas procurando o amor na rede. É só mais um meio de conhecer gente e talvez você se surpreenda por encontrar pessoas mais bacanas na net do que em qualquer outro lugar!

Se você quiser aprender dicas valiosíssimas sobre como detectar golpistas de sites de relacionamentos, aplicativos ou redes sociais, adquira o meu e-book "Tudo o que você precisa saber sobre golpes amorosos pela internet". Basta clicar neste LINK para saber mais detalhes e efetuar a compra.

Erica Queiroz; O amor está na rede!!!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Eu me amo, eu me amo... Não posso mais viver sem mim!!!

Posted by O amor está na rede On 12:23

Volto a falar da autoestima. Se a sua estiver baixa, preste atenção: você não sabe a diferença que uma boa dose dela pode fazer na sua vida!!!

O que me chamou a atenção foi um encontro que tive com duas amigas, ambas casadas. E o assunto, em algum momento, foram as "ex" dos seus "atuais".

Uma delas fazia o que a maioria das pessoas faz: entrava de vez em quando no perfil (de um site de relacionamentos) da última ex-namorada de seu marido e ficava se comparando com ela, sempre achando que a anterior tinha vários pontos em que era melhor do que ela mesma.

Já a outra, dizia com todas as letras (e, como a conheço muito bem, sei que não é mentira), que entrava no perfil da ex de seu marido para ver como ela (a minha amiga) era infinitamente melhor do que a ex. Ela até entrou no perfil no seu celular para nos mostrar. E olha que a moça era bem bonitinha! Mas ela conseguiu ver defeitos em cada detalhe da foto e do perfil, nas roupas, nos cabelos, nos estudos, nas amizades, na pose da foto...

Obviamente, eu não acho que nenhum dos comportamentos seja ideal - acho que ex é ex e faz parte do passado, espero que morto e enterrado, sendo algo que não deveria pautar a vida atual. Ficar detonando a ex também não é legal, mesmo que apenas para si, pois, afinal, ela já fez parte da vida do homem que você ama.

Mas o que mais admiro nessa história toda é o tamanho da autoestima da minha amiga: ela se ama demais e, se soubesse que a ex do seu marido foi a Gisele Bundchen, mesmo assim ainda sou capaz de apostar que ela se acharia infinitamente melhor e mais bonita...

Que tal, sem exageros, você tentar ser um pouquinho assim, caso tenha um fantasma de ex na sua cabeça? Algo meio Ultraje a Rigor: "eu me amo, eu me amo... não posso mais viver sem mim". Esteja ciente das suas qualidades como pessoa, saiba que faz o seu melhor e pare de se comparar aos outros/as. Afinal, se o seu marido/namorado não gostasse de você, ele provavelmente estaria com outra pessoa...

Dica de O amor está na rede, por Erica Queiroz

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Pesquisa mostra que 61% dos casais gays se conheceram online, contra 23% dos heterossexuais!

Posted by O amor está na rede On 16:02

É sabido que o número de relacionamentos iniciados por pessoas que se conhecem online sobe progressivamente no mundo todo.

Uma pesquisa online, feita pela Universidade de Stanford com 3.000 adultos, mostra que, nos dois anos anteriores à conclusão da pesquisa, 61% dos casais homossexuais se conheceram online, contra 23% dos heterossexuais.

Inicialmente, o fato surpreendeu o pesquisador que conduziu a pesquisa, mas depois ele concluiu que isso se deve ao fato do anonimato, o qual é extremamente importante para gays, lésbicas e simpatizantes, que não querem revelar sua homossexualidade a parentes, colegas de trabalho e vizinhos não solidários.

Além disso, é mais difícil que os gays tenham parentes e amigos tentando arrumar parceiros para eles.

O pesquisador diz: "Pessoas mais jovens têm métodos mais tradicionais para conhecer novas pessoas. Contudo, as pessoas mais velhas já saíram da escola, já conhecem todas as pessoas de seu trabalho e estão buscando um outro jeito de ampliar seus horizontes sociais. Para elas, a internet é um novo milagre".

E então, o que você está esperando?

Dica de O amor está na rede!!!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

O caso da mulher sequestrada por um homem que conheceu na net

Posted by O amor está na rede On 17:26

Hoje fiquei sabendo de um caso de sequestro: uma mulher de 36 anos foi sequestrada por um homem que conheceu na net. Ela foi mantida em cárcere privado por uma semana.

Veja bem... Eu disse 36 anos, não 13! Se ela tivesse 13, eu até poderia entender, mas 36...

A vítima conversou com o sequestrador por um mês e ele lhe prometeu emprego e ajuda médica.. Então, ela simplesmente forneceu o endereço de sua casa para que ele fosse buscá-la!

Regra número 1 do relacionamento online: O PRIMEIRO ENCONTRO DEVE SER SEMPRE MARCADO EM LOCAL PÚBLICO!

Regra número 2 do relacionamento online: NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓTESE NENHUMA, NEVER, EVER, ACEITE UMA CARONA, NEM NA IDA, NEM NA VOLTA! E, obviamente, o endereço de sua casa deve ser mantido em sigilo até que se inicie um relacionamento mais sério - mesmo assim, todo cuidado é pouco.

Alguém me explica como uma mulher de 36 anos faz algo assim? Carência? Ingenuidade? Falta de bom-senso? Enfim... Depois as pessoas ficam dizendo que conhecer alguém na internet não é seguro!!! Querem saber? Para mim, é muito mais seguro conhecer alguém na net, pois você tem tempo de sobra para pesquisar quem a outra pessoa é.

Dar o endereço de casa a um estranho é a mesma coisa que passar a senha do seu cartão de crédito a ele! Dá para sair algo bom daí? Talvez, mas a regra diz que não!

Segue link para o vídeo: http://bit.ly/azXtXp (terratv)

Seja esperto(a) e use a net conscientemente!

Dica de O amor está na rede!!!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Lançamento do meu livro "O AMOR ESTÁ NA REDE"!!!

Posted by O amor está na rede On 15:21

Queridos amigos,

Gostaria de convidá-los a compartilhar comigo este momento muito importante em minha vida: o lançamento do meu livro "O amor está na rede". Trata-se de um projeto iniciado em 2009 e finalizado, após muita pesquisa (e experiência própria e de terceiros), em 2010.

Espero todos vocês comigo no dia 17/11 (ver convite abaixo). E levem todos os seus amigos e amigas solteiros!!!

Quem quiser seguir o Site (pelo Google Friend Connect), Twitter, Facebook e Orkut, é só procurar pelo nome do livro (aqui ao lado você encontrará os links).

Vamos fazer deste lançamento o maior encontro de solteiros de São Paulo: saia com um livro, um autógrafo e, quem sabe, um encontro marcado?!?!?! Divulgue!!!

Beijos a todos, Erica (O amor está na rede!!!)

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Ordem do dia: Desencalhe sua amiga agora!!!

Posted by O amor está na rede On 15:35

Quem nunca teve vontade de apresentar um rapaz interessante para aquela amiga que cansou de ficar sozinha? Ou mesmo ouviu a famosa pergunta: “Você não tem um amigo interessante para me apresentar?".
Pensando nisso, o site de namoro Metade Ideal criou a campanha Desencalhe sua amiga agora! para as pessoas que não querem mais ver suas colegas sofrendo com a solidão. A ação, com início em 28 de outubro, tem como objetivo ajudar solteiros a encontrar um amor pelo site. Para ajudar nessa missão, o Metade Ideal irá liberar o acesso a todas as ferramentas normalmente exclusivas para pagantes.

No hotsite www.metadeideal.com.br/desencalhe, a brincadeira consiste em o internauta fazer o upload de uma foto da amiga solteira. A imagem será inserida numa animação divertida, cujo vídeo chegará ao e-mail do internauta e de sua colega. Ambos também receberão um convite para ter acesso a todos os recursos oferecidos pelo site, incluindo o acesso aos milhões de perfis de solteiros que estão no site e a possibilidade de entrar em contato com quem quiserem. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 28 de outubro e 18 de novembro de 2010. E o Metade Ideal estará aberto a todos os cadastrados entre os dias 19 e 26 de novembro.
O Metade Ideal reserva uma página especial com relatos e fotos de usuários que se encontraram pelo site e que comprovam que é possível encontrar um amor pela rede. Já foram recebidos pela equipe mais de 500 depoimentos de pessoas que tiveram um primeiro contato por aqui e que, hoje, mantém um relacionamento amoroso sério e verdadeiro. As histórias podem ser lidas em www.metadeideal.com.br
Pare de perder tempo e desencalhe sua amiga AGORA!!!
Dica imperdível de O amor está na rede!!!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Livro O Amor Está na Rede ensina como conhecer o amor pela internet

Posted by O amor está na rede On 15:55

Olá!

Acaba de sair a minha primeira entrevista sobre o livro O amor está na rede, na Folha de Alphaville. Leiam aqui, por Tatianna Babadobulos:

Livro O Amor Está na Rede ensina como conhecer amor pela internet

Atualizado: 04/11/2010 23:47
A autora, Erica Queiroz, também conheceu seu marido pela internet

Tatianna Babadobulos
Hoje em dia, em que a tecnologia está a serviço de tudo, por que não se valer dela também quando o assunto é relacionamento amoroso? Ora, a ideia não é nova. Desde que a internet nasceu e se popularizou no final dos anos 1990 e início dos 2000, muitos casais foram formados com a ajuda da rede mundial de computadores. Seja porque a pessoa é tímida e se aproveita dos encontros virtuais para se “soltar”, seja porque não se tem tempo de sair para conhecer alguém ou até mesmo para unir pessoas de locais distantes.
Erica Queiroz, de 37 anos, é autora do livro “O Amor Está na Rede” (editora M.Books, 160 páginas, R$ 35), que será lançado no dia 17 de novembro, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, a partir das 18h30. Nas página, Erica utiliza sua própria experiência para ensinar o leitor como encontrar o, digamos, par perfeito com a ajuda da internet. “Conheci o meu marido em um site de relacionamentos amorosos”, conta em entrevista exclusiva à Folha de Alphaville.
Segundo ela, que é administradora de empresas, publicitária e atua como coach em relacionamentos, fica mais difícil conhecer alguém por vias normais, seja em um elevador, no trânsito, em um bar, amigo de um amigo, “porque trabalhamos muito mais que antigamente”. “Vivemos em ambientes mais competitivos, o que acaba fazendo com que muita gente deixe a vida social de lado para se dedicar ao trabalho e aos estudos. Além disso, principalmente depois de uma certa idade, é muito mais difícil encontrar alguém com objetivos similares aos seus. Se você está na escola e até mesmo na faculdade, há vários candidatos potenciais com estilos de vida parecidos com o seu. Não é só porque a pessoa é amiga de um amigo que vai ser boa para você – isso só traz mais tranquilidade e também um pouco mais de segurança. No elevador ou no trânsito, é como em um bar: você não tem ideia de quem aquela pessoa é, de onde ela vem... Na internet também não, em um primeiro momento. Mas, antes de sair com ela, você pode e deve conversar bastante para conhecê-la melhor”, explica.
No livro, destinado a todas as pessoas que estão sozinhas querendo encontrar um amor, mas não sabem como e onde procurá-lo, o leitor vai encontrar dicas de como se precaver, que tipo de informações pode-se fornecer ou não, como criar um perfil vencedor, como agir no primeiro encontro e também de como fugir de golpistas, viciados em namoro on-line e, claro, de pessoas casadas.
“Primeiro, eu tento mostrar que não há motivos para ter preconceitos contra conhecer alguém pela internet. Aliás, se você souber se proteger, é muito mais interessante conhecer alguém desta forma, em que você faz uma pré-seleção dos candidatos disponíveis, de acordo com critérios estabelecidos por você mesmo”, ensina.
Ela conta também que o público-alvo inclui tanto pessoas jovens, que não saem muito e só estudam, pessoas tímidas, como também pessoas mais velhas, que já tiveram outro relacionamento ou não. “Pessoas com mais de 40 anos que se separam ou ficam viúvas têm enorme dificuldade de ampliar seu círculo social, uma vez que estão acostumadas a se relacionar com outros casais. Então, tomando as devidas precauções, a internet pode ser o melhor lugar para que todas elas encontrem o amor.”
(Continua - leia aqui: http://bit.ly/d3SHqh)

Dica de O amor está na rede!!!

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Seu mundo gira em torno da pessoa amada?

Posted by O amor está na rede On 14:23

Muitas pessoas, infelizmente, se anulam totalmente num relacionamento, vivendo em função do ser amado.

Pare para pensar se o seu comportamento se enquadra num dos itens abaixo:

- você fica o dia todo esperando a outra pessoa ligar?
- você desmarca compromissos já agendados com amigos porque o ser amado te ligou de última hora?
- você perde horas pensando no que vai vestir, no que vai falar, no que vai comer?
- pior: no restaurante, aceita comer o que o outro sugeriu, mesmo que não goste muito, só para agradar?
- você aceita tudo passivamente, nunca expondo suas próprias opiniões?
- você desmarca sua aula de natação ou de francês, que só ocorre uma vez por semana, só porque ele/ela te convidou pra sair?
- você fica extremamente inseguro/a com os comentários (ou ausência deles) da outra pessoa?
- você nunca diz não?

Há várias outras questões a serem colocadas aqui, mas acho que você já entendeu o espírito da coisa.

Se você se identificou com os padrões de comportamentos acima mencionados, prepare-se: você pode estar bem perto de receber um cartão vermelho!

Num primeiro momento, pode parecer cômodo ficar ao lado de uma pessoa assim. Mas o ser humano, principalmente o homem, quer desafios, quer alguém para estimulá-lo, alguém para dividir opiniões e ajudá-lo a crescer.

Portanto, surpreenda! A conquista ocorre diariamente, não apenas uma vez, com garantias eternas, como muita gente pensa.

Dica de O amor está na rede!!!

terça-feira, 2 de novembro de 2010

A vingança dos feios!!! (Parte 2) - Noivado

Posted by O amor está na rede On 14:06

Já escrevi, há um certo tempo, sobre o site britânico criado para que os "feios" também tivessem seu lugar ao sol - uma sátira a sites como o Beautiful People e o Hot Enough, onde você tem que ser muuuuuito bonito/a para poder entrar.

E, agora, venho anunciar o primeiro noivado e futuro casamento gerado pelo site The Ugly Bug Ball!

Janine Walker e Tom Clifford se conheceram no site mencionado e, após um mês de paixão, ficaram noivos e resolveram se casar em Dezembro.

Tom a viu no site e lhe enviou a seguinte mensagem (tradução livre): "Querida Janine, acabo de ver seu lindo rosto no site e gostaria de te encontrar. Você mora perto de mim, então isso não seria problema. Tenho um rosto que faz as crianças chorarem, mas, como dizem, a beleza está nos olhos de quem vê, e eu acho que você também vai gostar de mim!"

Foi, no mínimo, espirituoso, mas confesso que achei um amor... :). Veja, abaixo, a foto do casal:

Eles não são queridíssimos?

Janine e Tom ganharam uma viagem de lua de mel para Borth.

Fonte: várias

Beijos de O amor está na rede!!!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

O poder do elogio!

Posted by O amor está na rede On 17:30

Já reparou como o elogio desmonta (de um modo bom) qualquer pessoa? Mesmo aquelas que não sabem como recebê-lo, pois ficam ainda mais sem graça.

Nos dias de hoje, em que mal temos tempo de dar um oizinho pra quem a gente ama, mas está um pouco distante (amigos, familiares...), as pessoas acabam ficando mais e mais individualistas e se fechando numa casca, como bichinhos. Pra que tanta proteção?

Muitas pessoas têm medo de fazer elogios e não receberem outro(s) em troca. Ei, você aí, não aprendeu ainda que não podemos fazer nada esperando algo em troca?

Outras pessoas têm medo de expor seus sentimentos por achar que vão ficar mais vulneráveis se exaltarem as qualidades dos outros. Elas não enxergam que, um elogio sincero, ao invés de demonstrar que o outro é melhor, mostra que elas são melhores, pois sabem reconhecer e enaltecer o lado bom de alguém.

Como você se sente quando recebe um elogio? Principalmente com relação a algo que se esforçou demais para fazer e até o momento ninguém tinha reconhecido?

O elogio tem um poder enorme sobre nós; nos deixa imensamente felizes. Muitas vezes, nos faz ganhar o dia!

Então por que perder a oportunidade de fazer um elogio sincero a alguém? Elogie o seu companheiro/a. Elogie a pessoa com quem você está flertando. Mas sempre de modo sincero!

Elogio você, que está aí lendo o que eu escrevi até o fim, pois quase ninguém teve paciência para ler este pequeno texto. Parabéns pelo interesse!

Elogio sincero de O amor está na rede!!!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Você é um fardo na vida alheia?

Posted by O amor está na rede On 14:23

Como as pessoas se lembram de você? Como sendo alguém bacana, fácil de lidar? Ou como um peso do qual as pessoas querem se livrar?

Muitas pessoas parecem extremamente sedutoras nas primeiras conversas. Outras, já mostram de cara seu verdadeiro comportamento, o que é ótimo para que seu interlocutor pule fora o mais rápido possível!

Chamo de "fardos" aquelas pessoas que, de alguma forma, só querem obter vantagens, extrair o máximo que puderem dos outros. Aquelas que entram num relacionamento achando que sua contribuição tende a zero e a do outro a 100%. Muito justas, não?

Tem muita gente assim, tanto homens, quanto mulheres. São pessoas que querem que o outro seja responsável por quase tudo: por cozinhar, cuidar da casa, pagar as contas (todas, inclusive de viagens e restaurantes caros), dar presentes, dirigir, dar o máximo de carinho e atenção possíveis e assim por diante. E não pense que só há mulheres assim. Há muitos homens também!

Fora isso, elas nunca (ou quase nunca) estão disponíveis para ajudar. Sempre têm um outro problema ou um outro compromisso no momento da ajuda. No entanto, se for para uma grande curtição, estão sempre disponíveis!

As pessoas que agem desta forma tendem a, cedo ou tarde, ficar sozinhas. Você quer isto para si? Aposto que nem estando de um lado, nem de outro!

Momento "pense nisso" de O amor está na rede!!!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Primeiro encontro - e agora???

Posted by O amor está na rede On 14:59

O primeiro encontro é extremamente importante. Veja bem: a primeira impressão não é, na minha opinião, a que fica. Mas, uma vez que ela foi criada, é muito difícil fazer a outra pessoa mudar de ideia sobre você. Então vale muito mais a pena você tentar causar uma boa impressão de cara, do que fazer um superesforço para tentar, depois, recuperar o que perdeu.

Obviamente, todos ficamos nervosos num primeiro encontro (provavelmente os psicopatas não, rs!). Uns demonstram mais, ficando extremamente vermelhos ou mesmo chegando a tremer (inclusive a voz). Outros disfarçam bem e quem não tiver olhos e ouvidos bem treinados nem perceberá o nervosismo.

O mais importante é que você mostre sempre quem você é: nada de ficar inventando coisas que logo poderão ser comprovadas e aí... Poderá ser o fim! Nada de comprar roupas caras para impressionar, usar muita maquiagem, muito perfume, muitos acessórios, exibir seu celular-último-modelo-que-disca-por-telepatia-o-número-de-quem-você-pensar e assim por diante. Mas também não tente se diminuir para agradar. Não vá "encher a cara", nem se empanturrar de comida! E, pelo amor do Santíssimo, nunca fale enquanto estiver mastigando...

Se vocês tiverem um romance, a pessoa conviverá com você, não com o que você fingiu ser. Então tome muito cuidado, pois a pessoa poderá ter se apaixonado por quem ela achou que você fosse, não por quem você realmente é.

Lembre-se que o bom-senso é sempre uma ótima ferramenta para não errar: não exagere, nem diminua. Seja apenas quem você é. E, assim, seu primeiro encontro já terá grandes chances de ser um sucesso!

Dica de O amor está na rede!!!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

O teu amor é uma mentira que a minha vaidade quer...

Posted by O amor está na rede On 19:09

Não sei de quem é a letra da música, talvez do próprio, mas só sei que Cazuza a cantava muito bem. E quem nunca passou por uma situação como essa, que atire a primeira pedra!


Muitas vezes, cismamos com uma pessoa pelo simples fato de que ela não nos quer, por parecer inatingível, inalcançável, impossível. E como sofremos... verdadeira e profundamente! Dói demais; parece que até a alma dói!

É muito comum, nos casos de coach que ofereço, as pessoas virem a mim com uma história parecida com essa. Parecida, não. Exatamente igual. Só mudam os personagens e nada mais.

Por que, às vezes, a nossa vaidade quer alguém que não nos quer, que não nos deseja, que nos rejeita e, muitas vezes, até mesmo humilha? Por que o impossível parece tão atraente? Por que os desafios são mais instigantes?

A verdade, deixando os porquês de lado, pois há muitos deles, variando de pessoa para pessoa, é que você deveria se perguntar: será que você realmente seria feliz com essa pessoa? Será que ela não é apenas um sonho, uma fantasia, uma ilusão que está ferindo a sua vaidade? Já parou para pensar que isso é, provavelmente, apenas uma paixão e não amor? E que, ao realizá-la, é bem possível que perca toda a graça???

Pense nisso carinhosamente... Talvez você até mude de ideia e dê uma chance para aquela pessoa que está a fim de você há um tempão e que poderia ser um ótimo/a companheiro/a!!!

Amor que é uma mentira... não é amor!

Dica de O amor está na rede!!!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

A importância das palavras nas comunicações escritas

Posted by O amor está na rede On 15:05

Você já reparou como é difícil expressar algo que sentimos? Muitas vezes, as palavras nos faltam; outras, sabemos exatamente o que queremos dizer, mas sai tudo "torto", com todas as palavras erradas.

Como é difícil mostrar o que realmente sentimos! E, quando a conversa é escrita, a coisa fica ainda pior. Por quê? Porque a outra pessoa não está vendo as expressões de nosso rosto, vendo a nossa gesticulação, escutando a nossa voz, enfim, "sentindo"o nosso humor.

E, às vezes, uma coisa se torna totalmente mal-entendida ou interpretada, gerando brigas horríveis que só destroem os relacionamentos - até mesmo os que ainda nem começaram e, talvez, pudessem dar certo...

Portanto, quando você for conhecer alguém através de um site de relacionamentos, lembre-se sempre de tomar muito cuidado com o que você tecla. E tente logo passar para chats com áudio ou câmera - assim, pelo menos, as pessoas poderão ver e/ou ouvir o que você tem a dizer!

PS: lembre-se sempre de não ser um reclamão/reclamona. Ninguém vai querer se unir a um chato/a!!!

Dica de O amor está na rede!!!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Por que as pessoas traem?

Posted by O amor está na rede On 00:26

Há inúmeras razões por que as pessoas traem.

Algumas viram um dos pais (ou ambos) trair com frequência e, portanto, acham que este é o comportamento normal.

Outras, simplesmente, porque não resistem ao charme daquele homem, ou à beleza daquela mulher. E vice-versa.

Outras traem por compulsão: precisam colecionar pessoas, como gente que depende de álcool, drogas e sexo, por exemplo, para viver.

Algumas traem pela sensação de perigo e mistério: "ah, que gostoso fazer algo escondido, sem nunca ser pego/a".

Outras traem porque não têm coragem de se separar, então vão buscar aventuras para "segurar a barra", para compensar o que não têm mais com seu/sua parceiro/a.

Muitas traem por vingança - se ele/a me traiu, vou fazer o mesmo! Assim fico mais tranquilo/a. Será que realmente acreditam nisso??? Acham mesmo que vão sentir-se vingados?

Mas, além da vingança, grande parte das pessoas trai por não estar feliz com seu relacionamento, por estar cansada da sua vida com o/a companheiro/a. "Não saímos mais como antes", "não temos um tempo só para nós", "a relação esfriou", "ele não me olha mais como no início", "ela só me cobra", "ele não me dá mais presentes" e assim vai. Uma lista infinita de reclamações. E nada como uma nova emoção para dar mais frescor à vida. Será?

Afinal... Vale a pena trair? Você acha isso certo? Errado? E a culpa que fica depois? E o arrependimento? O que você realmente acha da traição? Responda anonimamente e aproveite para contar se já traiu e por quê!

Questionamento de O amor está na rede!!!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Um dos maiores erros do ser humano é achar que tudo é para sempre...

Posted by O amor está na rede On 13:31

Sim, este é um dos nossos maiores erros, se não for o maior de todos. Por isso que muitos relacionamentos não dão certo.

Hemos de convir que parece não haver nada melhor do que aquela sensação louca da paixão: pairando "no ar" o tempo todo, com os pés fora do chão, sorrindo feito loucos, por qualquer bobagem, e achando que temos uma capacidade escondida, até então, de voar! Há algo melhor do que isso? Não consigo me lembrar.

Mas isso não dura pra sempre. Claro que não! Como podemos sentir isso ao adoecer ou ver o ser amado doente? Como podemos sentir isso depois de algumas ou muitas brigas? Depois de tanto cansaço do dia a dia? Depois de ver os filhos brigando? Depois de a outra pessoa não ser mais "novidade"?

Quando nos apaixonamos, achamos que aquilo vai durar para sempre. Mas nada na vida é para sempre, mesmo porque o "sempre" sempre acaba, como já cantavam sabiamente Renato Russo e Cássia Eller, entre outros. Mesmo que o sempre acabe com a morte.

E o que devemos fazer, então? Procurar outra pessoa para sentir a paixão novamente? Tem muita gente que faz isso, mas vive frustrada, porque isso dá uma sensação de vazio sem tamanho.


Quando encontramos um amor de verdade, aprendemos que a paixão não é a coisa mais importante do mundo. Apesar de gerar euforia, sua duração não é longa - claro, você pode ser apaixonado(a) por uma pessoa durante anos, mas nunca será com a mesma intensidade do início. Já o amor pode ser assim: pode tornar-se mais bonito, mais intenso, mais "amor" com o passar do tempo. E, no final, quem já encontrou o amor sabe: é muito melhor do que a paixão...

Então pare de ter medo e de ficar procurando uma nova paixão de tempos em tempos: entregue-se aos delírios do amor!

Dica de O amor está na rede!!!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

SITE DE RELACIONAMENTOS PARA anões!

Posted by O amor está na rede On 15:25

Ah, eu achei essa ideia o máximo!

Afinal, onde os anões espalhados pelo mundo poderiam se encontrar?

Dê uma olhada no site; vale a pena!

www.littlepeoplemeet.com

E se você conhecer algum anão ou anã, não deixe de passar o endereço a ele/ela!

Eles podem até ser pequeninos, mas aposto que têm um coração enorme...

Dica romântica de O amor está na rede!!!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

"Relacionamentos amorosos que surgem na internet são cada vez mais comuns" - Flávio Gikovate no Mais Você

Posted by O amor está na rede On 15:08

Hoje, o Programa Mais Você, da Rede Globo, teve como tema "Relacionamentos amorosos que surgem na internet são cada vez mais comuns".

Ana Maria Braga começa mostrando um vídeo que diz que o maior site de relacionamentos do país afirma que tem 30 milhões de cadastrados - 1/6 da população do Brasil (que eu saiba, esse dado se refere à América Latina, não ao Brasil). Mas, mesmo assim, é muita gente!!!

O vídeo diz também que há 62 milhões de solteiros no Brasil (dados do IBGE) - os dados que eu tenho, do IBGE também, dizem entre 12 a 23 milhões a mais que isso (se considerarmos os viúvos, separados...). Mas, de qualquer forma, de novo, é muuuuuuuita gente! Um milhão já é gente demais... Vários milhões, então... :)

As mulheres (com certeza!) reclamam demais da falta de homens, mas, ainda segundo dados do IBGE, a verdade é que há 105 homens solteiros para cada 100 mulheres solteiras - será??? (confesso que nisso eu não acredito, rsss!).

O legal é que mostram histórias reais também... Que deram certo, ou não!

Dizem que Santo Antônio está com os dias contados, rsss. Concordo plenamente!!!

E, o grande entrevistado, Flávio Gikovate, é totalmente a favor de se conhecer gente pela net! As pessoas se conhecem primeiramente "por dentro", segundo ele. É algo que acontece de dentro pra fora, não de fora pra dentro. Ele acha que conhecer gente pela net traz mais vantagens do que desvantagens!!! Inclusive, diz que as pessoas se apaixonam muito mais rapidamente.

Hey, você aí, que morre de medo de se cadastrar num site de relacionamentos, quem sabe este vídeo não seja o empurrãozinho que faltava?!?!?!?

Parece que o vídeo foi tirado do ar, mas segue link para o texto: http://maisvoce.globo.com/MaisVoce/0,,MUL1622679-18172,00.html

Dica de O amor está na rede!!!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Ninguém me ama, ninguém me quer!

Posted by O amor está na rede On 16:24

Muita gente me procura dizendo que não sabe o que acontece, por que ninguém se interessa por ela/ele, por que nada dá certo etc.

Sabe, às vezes, precisamos sair da zona de conforto e, como dizem por aí, "dar a cara pra bater" (no sentido figurado, claro!). É muito cômodo ficar se lamentando, se fazendo de vítima e sendo, no final, realmente vítima da situação.

O que as pessoas não percebem é que são elas mesmas que têm que mudar isso, que têm que ir à luta, que têm que definir seus objetivos e ir atrás deles.

Pode olhar ao seu redor e ver que as pessoas que estão sozinhas, na grande maioria, estão assim porque querem. Porque não querem abrir mão da liberdade que têm (e não sabem que dá pra ser livre num relacionamento - aliás, quanto mais livres as pessoas são, mais "presas" elas ficam, porque é por livre e espontânea vontade!), ou não querem abrir mão do apartamento em que vivem sós, ou compartilhar a cama enorme que possuem, ou pensar na possibilidade de talvez terem que dividir seu salário com alguém. Puro egoísmo? Talvez! Talvez apenas medo do novo...

Parece mentira, mas é a mais pura verdade: as pessoas, por mais que não gostem do momento atual, têm muito mais medo do que está por vir, do novo, e assim, numa sequência de boicotes, afastam as coisas boas que a vida pode trazer.

Então, antes de sair por aí gritando "ninguém me ama, ninguém me quer", pense se você está preparado(a) de verdade para estar com alguém, para deixar o "novo" entrar na sua vida. Se você quer ficar só, assuma a posição. Mas não fique se lamentando por aí, pois isso só vai afastar (ou, no mínimo, irritar) seus amigos e familiares... Autoestima elevada é tudo!!!

Dica de O amor está na rede!!!

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Há um desencontro, veja por esse ponto, há tantas pessoas especiais...

Posted by O amor está na rede On 16:38

Há anos que ouço a Vanessa da Mata cantar esta música com o Ben Harper. E penso que este trecho não poderia ser mais perfeito!

Creio que é isso mesmo que acontece - chega uma certa idade e não sabemos mais onde conhecer gente legal: não vamos mais à escola, à faculdade, não temos muitos amigos disponíveis para sair... Mas tem tanta gente legal por aí!

Por isso eu acho que a rede é o melhor ponto de encontro do mundo! Imagine só que você pode, no conforto de sua casa (no trabalho o chefe e o firewall não permitem, rsss!), entrar num site de relacionamentos e ver inúmeras - sim, INÚMERAS, pois o mundo é o limite! - pessoas com os pré-requisitos que você selecionar... Não é bom demais?

Você pode encontrar pessoas bacanas de sua cidade, cidades vizinhas, outros estados e até mesmo de outros países! E, mesmo que não role um romance, você pode até fazer um(a) novo(a) amigo(a)!

Pense nisso e cadastre-se hoje mesmo... Afinal, não há dúvidas de que há um desencontro... Há tantas pessoas especiais...

"There is a disconnection
See through this point of view
There are so many special people in the world
So many special people in the world
In the world..."

Boa sorte / Good luck!

Beijos de O amor está na rede!!!